O que é a
Terapia Instrumental
Quiropráxica

A Terapia Instrumental Quiropráxica consiste em manter o equilíbrio do corpo por meio da manipulação e ajustes realizados por instrumento mecânico com força pré-definida, corrigindo as disfunções. O instrumento produz pequenos impactos em pontos específicos, permitindo ajustes específicos e promovendo a ativação dos micromovimentos que desbloqueiam as articulações. A técnica é baseada em um protocolo de avaliação estruturado, obtido por uma série de testes que determinam a localização e o sentido do bloqueio. Várias enfermidades podem ser originadas como consequência de um mau posicionamento das articulações e, ao longo da vida, o corpo é submetido a estresses físicos, emocionais, sobrecarga, esforço, movimentos repetitivos, traumas e toxinas.

Objetivos

Executar uma técnica de ajuste ou manipulação confortável, segura e precisa.

Aplicar, na prática clínica, um sistema de avaliação centrado apenas na análise do comprimento das pernas.

Diagnosticar e tratar qualquer disfunção neuro-musculoesquelética.

Manusear o instrumento de ajuste quiroprático mais utilizado no mundo.

Utilizar as manipulações instrumentais dentro do seu próprio sistema de trabalho.

Conheça os instrutores da formação TIQ
0
Alunos Inscritos
no TIQ1
0
profissionais concluíram a
formação em todo o Brasil
0
nacionalidades já
receberam a formação
0
Instrutores
Certificados

10 motivos para ingressar na formação TIQ

Ao utilizar o método com o instrumento, é possível identificar o ponto exato, onde é necessária a correção da sub luxação ou disfunção. Devido a área de contato ser pequena no instrumento, conseguimos manipular articulações pequenas e pontos vertebrais em que normalmente o contato manual é difícil ou desconfortável.

Força, freqüência, torque, velocidade e impulso gerados pelo instrumento, fornecem a quantidade exata de energia para normalizar a função biomecânica.

Durante o tratamento, o paciente estará confortavelmente relaxado em postura neutra, sem a necessidade de mudanças de posição e movimentos ativos.

O impulso rápido, porém controlado, é o segredo para a eficiência deste procedimento.

Mais de 90% dos pacientes apresenta melhora significativa na primeira sessão.

O procedimento direto sobre a articulação evita a utilização de diferentes parâmetros de movimento para realizar a manipulação.

Pesquisas científicas comprovam os resultados do tratamento. Porém, estamos buscando melhorar a qualificação das evidencias.

Possibilita mensurar visivelmente e imediatamente os resultados obtidos.

Padroniza a metodologia na aplicação, fazendo com que diminua a diferença de resultados entre os examinadores.

É patenteado para a correção de subluxações, sob registro e licença no FDA 510k (USA).

Se você ainda não conhece, baixe o nosso e-book e saiba mais sobre quiropraxia instrumental

Baixe grátis agora!

Como funciona a Formação TIQ?

Para ingressar na formação TIQ®, é pré-requisito ser profissional de fisioterapia ou estudante (a partir do 5º período) e ter os conhecimentos de anatomia palpatória e biomecânica. Para obter a certificação completa, é necessário que o aluno realize os três seminários (básico, intermediário e avançado).

A 1ª etapa da formação – TIQ 1 – é semipresencial: composta por 5 horas realizadas à distância, por meio de vídeos online e material didático e 10 horas de aula presencial prática. Clique aqui e confira as datas na cidade mais próxima de você.

O material didático é composto por manual de estudos ilustrado com fotos, bibliografia e artigos científicos para download. Durante as aulas práticas serão fornecidos instrumentos TIQ para o treinamento das técnicas. Caso o aluno tenha interesse em adquirir o instrumento TIQ, o Livta disponibilizara para a venda.

Inscreva-se agora!
  • Definição e histórico
  • Princípios e funcionamento
  • Relação entre disfunção neuro articular e o comprimento da perna
  • Explicação neurofisiológica e biomecânica
  • Pesquisas e evidências clínicas
  • Relação com as Técnica: Logan, Derifield-Thompson, Van Rumpt, No-force, Dejarnette e Sweat-Grostic
  • Sistema de teste e re-teste para confirmação do resultado EXCLUSIVO
  • Ajuste sequencial por técnica instrumental EXCLUSIVO
  • Vantagens, indicações e contra indicações
  • Ajuste manual x ajuste instrumental
  • Instrumentalização e manuseio
  • Indicação dos calçados e vestuário
  • Posicionamento do paciente e inspeção visual
  • Avaliação ascendente estática, dinâmica e palpatória
  • Testes base (TB1 e TB2) para determinar o segmento e o lado das disfunções
  • Reflexos neurológicos na realização do teste base 2
  • Regra Geral e as 3 possibilidades com justificativas biomecânicas EXCLUSIVO
  • Análise do comprimento da perna e a interpretação dos resultados
  • Testes neurológicos: stress, correção e isolado do leg checking
  • Etapas e o plano de tratamento
  • Cadeia lesional primária através do leg checking EXCLUSIVO
  • Raciocínio Clínico através do leg checking EXCLUSIVO
  • Manipulação Instrumental associado a testes ativos EXCLUSIVO
  • Testes específicos de diagnósticos e tratamentos
  • Protocolo de avaliação e varredura de sub luxações
  • Exame e ajuste de membros inferiores (joelho, tálus e cubóide)
  • Exame e ajuste de ilíaco (antiversão/retroversão)
  • Exame e ajuste de púbis (superior e inferior)
  • Exame e ajuste da coluna lombar (L5/L4/L2)
  • Exame e ajuste da coluna torácica e costelas (T12/T8/T6/T4/T1/1c)
  • Exame e ajuste de membros superiores (ombro, cotovelo e punho)
  • Exame e ajuste da coluna cervical (C7/C5/C2/C1 e occipital posterior)
  • Parâmetros e indicações de ajuste de força de manipulação do instrumento
  • Atendimento de paciente e discussão
  • Revisão do seminário básico e esclarecimento de dúvidas
  • Testes base (TB3 /TB4 e TB5) para determinar o tipo de disfunção vertebral
  • Técnicas de ajuste vertebral em flexão extensão, inclinação e rotação
  • Exame e ajuste do sacro (flexão/extensão/lateral/rotação)
  • Exame e ajuste do cóccix (lateral D e E)
  • Exame e ajuste do púbis (anterior D e E)
  • Exame e ajuste do ilíaco (EIPS/ísquio)
  • Exame e ajuste da coluna lombar (L3/L1)
  • Exame e ajuste da coluna torácica (T11/T10/T9/T7/T5/T3/T2)
  • Exame e ajuste de costelas específicas (2c/3c/4c/11c/12c/costovertebral)
  • Exame e ajuste de tórax (processo xifóide/manúbrio)
  • Exame e ajuste da coluna cervical (C6/C4/C3/C2)
  • Exame e ajuste da craniomandibular (occipital lateral/inferior/ATMs)
  • Exame e ajuste para síndrome facetaria, chicote, radiculopatia, cefaléia e sinusite
  • Apresentação do conceito Upper Cervical Specific Technique “Hole in One”
  • Exame e ajuste específica do atlas orthogonal em decúbito ventral EXCLUSIVO
  • Manipulação Instrumental associado a movimentos ativos EXCLUSIVO
  • Observações clínicas ao paciente geriátrico
  • Quadro clínico e patologias relacionadas
  • Atendimento de paciente e discussão
  • Revisão do seminário intermediário e esclarecimento de dúvidas
  • Exame e ajuste do ombro (úmero, escapula e clavícula)
  • Exame e ajuste do cotovelo, punho e mão
  • Exame e ajuste do quadril (fêmur RE/RI/Sup./Inf./Incl./Excl.)
  • Exame e ajuste do joelho (fêmur, patela, tíbia e fíbula)
  • Exame e ajuste do tornozelo (tíbia, fíbula e tálus)
  • Exame e ajuste do pé (calcâneo, navicular, cubóide e metatarsos)
  • Exame e ajuste para as disfunções neuro musculares
  • Parâmetros e localização para ajustes miotendineas e viscerais
  • Exame e ajuste da fascite plantar e tendinites EXCLUSIVO
  • Exame e ajuste do diafragma EXCLUSIVO
  • Exame e ajuste do ílio psoas, quadrado lombar, diafragma, piriforme e glúteos
  • Exame e ajuste de quadríceps, ísquios tibiais, gastrocnêmicos, tibial anterior e fibulares
  • Exame e ajustes de grande dorsal, romboides, escalenos e trapézio.
  • Exame e ajuste do crânio: temporal, parietal, frontal e esfenoide EXCLUSIVO
  • Cinesiologia de Goodheart através do TIQ EXCLUSIVO
  • Avaliação e Diagnostico na posição ortostática EXCLUSIVO
  • Dermomodulação de tônus muscular através do TIQ EXCLUSIVO
  • Mobilização Instrumental associado a movimentos ativos EXCLUSIVO
  • Instrumentalização e manuseio para tratamento de pé
  • Instrumentalização e manuseio para inativação de pontos gatilhos EXCLUSIVO
  • Instrumentalização e manuseio para casos complicados e agudos
  • Exame e tratamento visceral através do Leg Checking EXCLUSIVO
  • Técnicas viscerais, gânglio estrelado, Hióide e Tireoide EXCLUSIVO
  • Quadro clínico e patologia
  • Atendimento de paciente e discussão
  • Exame de certificação e titulação

Quem já utiliza a Terapia Instrumental Quiropráxica?

Mais de 1200 fisioterapeutas já iniciaram a formação e aplicam a Terapia Instrumental Quiropráxica em sua prática clínica. Conheça, abaixo, a experiência de conceituados profissionais com a técnica.

Bônus e complementos da formação TIQ

Quando você se inscreve na formação TIQ, recebe material online de referência para consulta durante 3 meses.

Acesso ao Seminário Teórico TIQ Online Completo

Curso de Neurofisiologia e Biomecânica em Quiropraxia

Manual de estudos Ilustrado em PDF

Mais de 20 artigos científicos

Parcerias internacionais